O que podemos aprender com as crianças? – Surpreendente!

Durante um ano trabalhei em uma escola para crianças de até 6 anos. Então decidi mostrar a vocês as coisas incríveis que aprendi com elas durante esse período. Foi hilário!


Por 4 horas diárias tinha contato com várias crianças e queira ou não elas acabavam fazendo parte da minha vida, aliás, como não amar pequeninos cheios de energia e os sorrisos mais fofos do mundo??? – Aquelas


A questão é...

Esses dias estava relembrando o período que passei lá e algumas coisas que me deixaram refletindo sobre como crianças são incríveis e como a inocência delas nos falta quando nos tornamos adultos.

Seja na bíblia, nos ditados populares ou na Disney, sempre nos deparamos com a seguinte mensagem: Sejam como crianças!

Pensando nisso separei algumas lições importantes que aprendi observando e convivendo com todas elas. Não tinha percebido, mas essas lições tiveram efeitos positivos na minha vida e tenho certeza que terá na de vocês também.

Vamos lá...

1. Confiam de verdade.

A primeira coisa que percebi é que a partir do momento que uma criança passa a confiar na gente, esse se torna um laço que não será desfeito.


No geral ninguém gosta de mentir para uma criança, certo? – Espero que sim ou vamos ter que falar sério sobre isso em... – Quando vemos seus olhinhos brilharem fica totalmente difícil mentir ou enganar.

Aprendi com a confiança que os pequeninos têm em nós que se faz necessário muitas vezes termos essa mesma confiança uns nos outros. Já parou para pensar no tamanho da nossa dificuldade em ceder um pouco que seja da nossa confiança? Ver maldade em tudo não faz bem a ninguém. – Tem exceções, sempre tem... –

E outra coisa, se é difícil mentir para uma criança porque vemos nela a forte confiança em nós, porque seria fácil mentir para um adulto que nos ama e confia na gente?

Confiar como uma criança e merecer do outro tal confiança.

2. Amam de todo coração.

Se uma criança gostar de você, saiba que terá alguém que te verá como a pessoa mais incrível desse mundo todo!


Durante o tempo que trabalhei lá, uma das crianças – Isa de 3 anos – se apegou muito a mim, então ela sempre me pedia ajuda mesmo sem precisar, simplesmente por querer que eu estivesse por perto.
Sai do trabalho e os dois anos seguintes que ela continuou estudando ali, as professoras diziam que ela perguntava por mim e pedia para me ligarem, sempre que podia dava uma passada lá para ver ela e os outros pequeninos. Infelizmente não tenho mais contato, mas a Isa foi a amiguinha mais linda que conheci. – nhoo –

Sabe o que percebi? Diferente da Isadora, não estamos acostumados a insistir nas pessoas. Quantos amigos especiais deixamos ir embora ou deixamos que se sintam esquecidos simplesmente por não ir atrás, não mostrar que lembramos, não fazermos uma simples ligação?

Pessoas importantes merecem saber o quanto significam para você!

3. Sonham sem medo.

Sejam os super-heróis, as princesas da Disney ou qualquer outro personagem, todas elas sonham em ser alguém grande capaz de fazer coisas muito, eu disse muito, importantes!


O recreio era, definitivamente, a hora mais maravilhosa de todas, sério! – Juro que não era só por causa do lanche. Talvez um pouco, ok. – Era nesse momento que eles gastavam toda a energia acumulada enquanto aprendiam a escrever, pintar, ler, etc...

Sabe o que era incrível? Eles acreditavam fielmente no mundo que criavam em suas brincadeiras e não tinham o menor problema quanto ao fato de estarmos observando ou rindo.

Sabe o que aprendi com isso?
Na medida que vamos crescendo, as frustrações parecem crescer junto com a gente – É tenso e dramático. – Deixamos antigos sonhos de lado e muitas vezes passamos a desestimular os outros os frustrando também.

Como aquelas crianças na hora do recreio, temos que nos entregar aos sonhos quando acreditamos nele. Temos que bancar os desentendidos e tentar de coração, e quando necessário, ignorar quem está ali só nos observando e esperando qualquer deslize para zombar.

Como uma criança, acredite nos sonhos e se permita vivê-los. Ah e sem parar porque estão ali observando.

4. A verdadeira beleza não é a externa.

Sabia que quando uma criança fica chateada ou é contrariada por alguém, ela chama a pessoa de feia? E quando ela está feliz, simplesmente olha pra pessoa e diz que ela é linda(o)?


Era constante a atitude deles de chamar os outros de feio ou bonito mediante o sentimento que tinham.

É bem simples, para as crianças a beleza exterior não interessa mesmo. Se você for alguém grosseiro, mal-educado, antipático, então você é feio.... Agora se você é divertido, engraçado, cuidadoso, então você é a pessoa mais linda desse mundo!

Já parou para pensar o quanto os preconceitos seriam quase inexistentes se víssemos as pessoas assim? Se elogiássemos e admirássemos os outros pelo que são com as pessoas ao redor? Seria tudo tão mais tranquilo...


Então isso é tudo galera! 

Aprendi bastante trabalhando com crianças e fiquei muito feliz quando coloquei tudo isso no papel e vi que foi mais legal do que lembrava. E vocês em? Aprenderam algo importante com alguma criança? Conta aqui pra mim nos comentários!

---------------------------------------------
Espero que tenha gostado e que essas lições mudem o dia, a semana e a vida de vocês! Não esqueçam de compartilhar com as pessoas que amam em...

Ah e não esquece de se inscrever aqui do lado para receber conteúdos tão legais quanto esse, é bem fácil e prometo não te enviar nada além de bons conteúdos.


*Imagens de www.freepik.com e edição própria.

4 comentários:

  1. Por.isso Jesus disse: Que não se tornar como uma criança não entrará no reino.dos céus! Por causa das pureza e simplicidade! Um abraço Andy🌼🌼🌼

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrível como podem ser tão admiráveis *o* Beijoooo Van <3

      Excluir
  2. Oi Andressa, que bom que tenha postado novamente!😉

    Sempre gostei de crianças e do modo em que elas veem o mundo.Depois que passei a ser pai, voltei a ver o meu no delas e a fazer parte disso.Agora quando passei a trabalhar pra elas e por elas, me senti pleno a enxergar esse mundo particular em cada olhar atento ao me ver encenar histórias. Criando vínculos mesmo que momentâneos, uma atmosfera de fantasia e descobertas é construída e a ponte, mesmo que não mais usada, permanece lá.
    E não há nada mais concreto que isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwn tô fazendo o máximo pra postar com mais frequência por aqui <3

      E você tem toda razão. Crianças tem olhares únicos e uma sinceridade muito particular, imagino seu orgulho em trabalhar com eles e ainda despertar grande parte da imaginação e da felicidade de cada um. Isso faz toooooda a diferença!

      Excluir

2016. Conteúdo autoral. Imagens Google/Autorais. Layout: Andressa Russo. Tecnologia do Blogger.